terça-feira, 15 de março de 2016

Em "Alta Definição"

Alta Definição

Por: Daniel Oliveira
Com: Nicolau Breyner
Ano: 2010                  

«D.O.: - O que dirá Portugal no dia a seguir à sua morte? O que gostava que dissessem?

N.B.: - Que tinham gostado de mim. Eu gosto que gostem de mim , é um facto. É um fraco que eu tenho, porque eu gosto muito das pessoas. Quero que me recordem com um sorriso, com carinho. Por aqui passou, deixou algumas coisas boas.»
Rara será a pessoa que não tenha gostado e goste de si. É tão, mas tão fácil gostar de alguém como o senhor. Sim, porque você é um senhor. Recordá-lo de sorriso no rosto é inevitável. Sempre que o via estava a sorrir, a rir ou a fazer rir. É um talento natural, o sorriso. Como não recordá-lo de sorriso, com carinho? Como não gostar de si?!?!! Sem dúvida que o legado que deixa, as histórias, os amigos, as obras, torná-lo-ão imortal. Ouvi esta expressão hoje de manhã e é a mais pura das verdades: O Nicolau só morrerá no dia em que a última pessoa que o lembre, morra também! 

Se há pessoas insubstituíveis, você é uma delas! Espero que esteja a sorrir, onde quer que esteja! Até um dia, grande "tio" Nico! (E obrigada!)

E que o nosso Benfica seja TriCampeão!

Sem comentários:

Enviar um comentário