sábado, 17 de janeiro de 2015

Não sei andar sem...

Quanto maior é a mala que utilizamos, mais coisas leva lá de dentro. Por vezes, coisas desnecessárias mas que nós achamos essenciais (e muitas vezes são). Das grandes às pequenas, das pretas às cor de rosa, das mais simples às mais sofisticadas, há objetos que nunca podem faltar dentro da mala.

@ facebook @
Hoje venho confessar-vos os meus essenciais dentro da mala. É impossível viver sem eles. Começando pelo telemóvel... Como poderia viver sem ele? Contactos, email, música, jogos (para quando não há nada para fazer), enfim, um mundo. Para além de andar contactada, convém andar identificada e para isso tenho a minha carteira (cartão do cidadão não pode faltar), cartões e mais cartões e dinheiro (também importante). Lenços de papel e bâton do cieiro, duas das coisas sem a qual eu não vivo. E há acessórios que eu não dispenso dos quais óculos de sol (na mala é mais a caixa) e os de ver... Ah e confesso, tenho um par de ganchetas dentro da carteira. Mas para o dia não acabar (um bocadinho) mal, há qe não esquecer as chaves de casa. A mala da mulher é um mundo, cabe tudo e mais alguma coisa. 


Sem comentários:

Enviar um comentário